sábado, 19 de janeiro de 2013

O belo está na diferença



  O repórter coelho Zé espalha pela mata os jornais com a notícia do dia.
__ EXTRA, EXTRA, EXTRA, leiam os jornais! A formiga Cindy está de romance com um elefante!
Não demora muito, o coelho da gazeta florestal é rodeado por curiosos, todos queriam saber da notícia bombástica.
A hipopótama é a primeira a pegar os jornais. Curiosa, começa a folhear.
__ Eu ouvi bem, Zé coelho? O senhor disse um elefante e uma formiga de romance? Como é que pode?
__ Sim senhora dona hipopótamo e dizem que foi amor à primeira vista, típico amor de Romeu e Julieta! Ele é um elefante famoso, astro de um circo internacional e ela uma simples formiguinha da floresta.
__ Hó, eu adoro esse tipo de história!!! Quem sabe eu também ainda não encontro a minha cara metade, heim, heim, Zé coelho. Brinca a hipopótama jogando seu charme pra cima do coelho, esse, não gosta nada e vai saindo na defensiva.
__ Sai pra lá dona hipopótama, vai tirando esses olhos gulosos de cima do meu material, além do mais, hipopótama e coelho dá o quê?
A hipopótama fazendo beicinho, diz:
__ Muito amor, bonitão!
__ Epa! É melhor eu sair ligeirinho daqui, sou muito jovem pra morrer esmagado.
O coelhão distribuiu rapidamente os jornais entre os curiosos e sai de fininho procurando salvar sua pele, o que ele não sabia era que entre os presentes estava à mãe da formiguinha Cindy, quando essa pegou os jornais na mão quase desmaiou reconhecendo a filha na foto da manchete dos jornais da mata, ainda trêmula entra em casa sacudindo os jornais nas mãos.
__ Cindy, o que significa isso? Você nos deve uma explicação!
O senhor formigão apareceu logo em seguida surpreso com a gritaria da esposa.
__ Olha pra isso formigão, nossa filha é manchete de jornais, é motivo de escândalo, aqui diz que ela está envolvida amorosamente com um elefante forasteiro, somos a piada da mata! E agora, com que cara vou olhar para os meus vizinhos, eu não mereço isso, que desgosto meu Deus! Uma filha falada, desonrada!
O senhor formigão depois de ler a manchete fica bastante nervoso e olhando a filha decepcionado, diz:
__ É pra isso que se cria uma filha, Cindy? Nós não merecemos esse desgosto!
__ Pai, mãe, me perdoe! Eu não tive a intenção de magoar vocês, simplesmente aconteceu! Foi uma pena que vocês ficaram sabendo dessa forma, aliás, hoje mesmo o Toni vem aqui em casa pra conversar com vocês sobre esse assunto.
__ E o que ele quer falar mais com a gente, já não chega ter uma filha falada.
__ O Toni vem pedir a minha mão em casamento!
O senhor formigão se assusta.
__ Filha, você enlouqueceu? Que asneira é essa? Aonde já se viu uma formiga casar com um elefante!!!
__ Pai, eu amo o Toni e ele me ama! Foi amor a primeira vista. Quando se ama, não se olha quem é, ele é uns dos artistas do circo que está se apresentando aqui próximo da mata, outro dia fui assistir uma de suas apresentações, foi assim que o conheci, nos apaixonamos e queremos ficar juntos para sempre.
Enquanto isso o senhor formigão andava de um lado a outro no formigueiro, inconformado.
__ Cindy, você só pode estar de gozação com a nossa cara, além de ser um elefante, é um artista?
__ É sério pai, eu vou me casar com o Toni, para o amor não tem regras, não tem fronteiras, simplesmente se ama!
O senhor formigão depois de um tempo pensativo pergunta preocupado.
__ E o que você espera dessa união, filha?
__ Pai, eu amo a pessoa do Toni, não escolhi amar um elefante, quando percebemos estávamos loucos, apaixonados um pelo outro!
O que não faltava para Cindy eram argumentos para convencer os pais do amor sincero pelo elefante, até que são interrompidos por uma batida de leve na porta, era Toni cumprindo o que tinha prometido. Fiz as apresentações, no primeiro instante se fez um longo silêncio diante da surpresa, Toni, com a sua simpatia peculiar foi logo quebrando o gelo, elogiou o vestido de mamãe, parabenizou papai pela casa confortável que tínhamos. Toni, carismático, não era a toa que era um artista de renome, logo tinha conquistado a confiança do casal de formigas. Depois de uma longa conversa com o elefante, os pais de Cindy se deram por convencidos do amor do elefante pela filha, concedendo a benção para que o elefante se casasse com a filha.
O reporte Zé coelho anunciou o grande acontecimento do ano no jornal da mata.
__ EXTRA, EXTRA, ESTRA! Não percam o casamento bissarro da formiga com o elefante!
No dia marcado para a grande cerimônia do casório da formiga e do elefante, todas as bicharadas da floresta estavam presentes para assistir o evento do século. Vestido branco cravejado de cristal reluzia nos olhos dos convidados, enquanto que o véu formava um tapete pela mata pondo respeito por onde passava. Claro, que o traje do elefante Toni não deixava por menos, afinal ele era um astro, estava acostumado a se vestir com pompa e elegância.
A festança acompanhada de arrasta pé foi um dos maiores acontecimento da floresta, o senhor formigão não fez economia na festa de casamento de sua única filha, ofereceu uma mesa farta com muitas frutas e guloseimas variadas e até hoje na floresta os animais comentam esse casamento exótico da formiga com um elefante, um caso de amor que vem atravessando uma vida inteira.
Quem foi que disse que o amor só pode existir entre casais da mesma espécie, da mesma cor, da mesma religião ou da mesma raça?
Amor é amor! E se é amor, não se explica, basta ser vivido.

                           Dilma Lourenço Moreira

2 comentários:

  1. Gostei do texto, fez-me refletir em algumas coisas. Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. maravilhoso o texto parabens, gostaria da sua opinião e de seus seguidores no meu site se possivel,abraços e sucesso. http://fantasia-literaria.webnode.com/lendaria/

    ResponderExcluir

Meu amigos no diHITT

Loading...